terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Jogo de Osso

Glênio Bianchetii, Jogo do osso, Xilogravura, 1955, acervo do MARGS  
        Tu sabe como é que se joga o osso?
                                  Ansim:
    Escolhe-se um chão parelho,nem duro,que faz saltar,nem mole,que acama,nem areento,que enterra o osso.
     É sobre o firme macio,que convém.A cancha com uma braça de largura,chega,e três de comprimento;no meio bate-se uma raia de pistola,amarrada em duas estaquilhas ou mesmo um risco no chão,serve;de cada cabeça da cancha é um jogador atira,sobre a raia do centro:este atira daqui pra la,o outro atira de la pra cá.
      O osso é a taba,que é o osso do garrão da rês vacum.O  jogo é só de suerte ou culo.
      CULO é quando a taba cai com o lado arredondado pra baixo:quem atira assim perde logo a parada

      SUERTE é quando o lado chato fica pra baixo:ganha logo e sempre.

      Quer dizer:Quem atira culo perde,se é suerte ganha e logo arrasta a parada.
       Ao lado da raia do meio fica o coimeiro que é o sujeito depositorio da parada e que a entrega logo ao ganhador.O coimeiro também é o que tira o barato-para o pulpeiro.Quase sempre é um aldragante velho e sem-vergonha,dizedor de graças.
            É um jogo brabo pois não é?
JOGO DO OSSO
      Pois a jente que se amarra o dia inteiro nessa canchaça e parada envida tudo:os bolivianos,os arreios,o cavalo,o poncho,as esporas.O facão nem a pistola,isso sim,nem aficionado joga;os fala-verdade que tem que garantir a retirada do perdedor sem debochar dos ganhadores...e,cuidado...muito cuidado com o gaúcho que saiu da cancha do osso de marca quente!...

Jogo do Osso (trecho de Contos Gauchescos de J. Simões Lopes Neto)

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Artigo de Fé do Gaucho

 Muita gente anda no mundo sem saber pra quê:vivem,por que vêm os outros viverem.
  Alguns aprendem à sua custa,quase sempre já tarde pra um proveito melhor.Eu sou desses.
  Pra não suceder assim a vancê ,eu vou ensinar-lhe o que os doutores nunca hão de lhe ensinar-lhe por mais que queimem as pestanas deletreando nos seus livrões.Vancê anote na sua livreta:

1ºNão cries guaxos:mas cria perto do teu olhar o potrilho pro teu andar.

2º Doma tu mesmo o teu bagual:não enfrenes na lua nova,que fica babão;não arrendes na minguante,que te sai lerdo. 

3º Não guasquei sem precisão nem grite sem ocasião ;e sempre que poderes passe a mão.

4º Se es maturrango e chasque de namoro,mancas o teu cavalo mais chega;se fores chasque de vida ou morte, matas o teu cavalo e talvez não chegues.

5º A maior presa é a que se faz devagar.

6º Se tens viajada larga não faça pular o teu cavalo;sai ao tranco até o primeiro suor secar;depois ao trote até o segundo;dá-lhe um alce sem terceiro e terás cavalo para o dia inteiro.

7º Se queres engordar teu cavalo tira-lhe o pelo da testa todas as vezes da ração.

8ºFala ao teu cavalo como se fosse gente.

9ºNão te fies em tobiano,nem bragado,nem melado;pra água,tordilho;pra muito,tapado;mas pra tudo,tosado.

10º Se topares um andante com os arreios às costas,pergunte-lhe-onde ficou o baio?

11º Mulher,arma e cavalo do andar,nada de emprestar.

12º Mulher,de bom gênero;faca,de bom corte;cavalo,de boa boca;onça;de bom preço.

13º Mulher sardenta e cavalo passarinheiro...alerta,companheiro!...

14º Se correres eguada xucra,grite;mas com os homens,apresilha a língua.

15º Quando dois brincam de mão,o diabo cospe vermelho....

16º Cavalo de olho de porco,cachorro calado e homem de fala fina...sempre de relancina...

17º Não te apodres,que domadores não faltam...

18º Na guerra nãohá esse que ouviu as esporas cantarem de grilo...

19º Teima,mas não apostes;recebe,e depois assenta;assenta e depois pague...

20º Quando 's tiveres pra embrabecer,conte três vezes o botão da tua roupa...

21º Quando falares com homem,olha-lhe para os olhos; quando falares com mulher,olhas-lhe a boca...e saberás como te haver...
        ...................................................................................
                                  Que foi?
  Ah!quebrou-se a ponta do lápis ?
  Amanhã vance escreve o resto:olhe que dá pra encher um par de tarcas!...